SOROCABA / SP - quinta-feira, 23 de novembro de 2017

EPILEPSIA II FALSAS CRISES

EPILEPSIA II FALSAS CRISES

  

Tanto pessoas que têm quanto pessoas que não têm epilepsia podem sofrer ataques desencadeados por um desejo consciente ou inconsciente de mais atenção e cuidados.

 

Sob stress, uma respiração rápida ocasiona a produção de dióxido de carbono e muda a química corporal, podendo causar sintomas semelhantes a determinados tipos de crises. Hipoglicemia abuso de drogas e febre, por exemplo, também podem ocasionar crises.

O médico sempre deve ser consultado, pois são os exames e o histórico do paciente que determinarão o procedimento a ser seguido em relação às convulsões.